Em formação

Você pode me ajudar a identificar esta aranha?

Você pode me ajudar a identificar esta aranha?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Eu tirei essa foto em Ohrid, Macedônia, é a primeira vez que vejo esse tipo de aranha aqui.

Esta aranha tinha 2-3 cm de comprimento e estava fora de um prédio urbano.


Tentei identificá-lo pela sua foto através do aplicativo Seek e o resultado é "cross orbweaver / Araneus diadematus

O resultado parece verdadeiro quando comparado à descrição neste site

Para comparação, veja esta imagem:


Como gerenciar pragas


Figura 7. O ácaro predador ocidental, mostrado aqui atacando um ácaro-aranha de duas manchas, é um predador importante.

Os ácaros são pragas comuns em paisagens e jardins que se alimentam de muitas árvores frutíferas, videiras, frutas vermelhas, vegetais e plantas ornamentais. Embora relacionados a insetos, os ácaros não são insetos, mas membros da classe dos aracnídeos, juntamente com aranhas e carrapatos. Os ácaros da aranha (Figura 1), também chamados de ácaros da teia, são as pragas de ácaros mais comuns e estão entre as mais onipresentes de todas as pragas no jardim e na fazenda.

Os ácaros-aranha-da-rede incluem o ácaro-aranha-do-Pacífico, o ácaro-aranha-do-mato, o ácaro-morango e várias outras espécies. Os mais comuns são espécies intimamente relacionadas na Tetranychus gênero e podem ser distinguidos com segurança no campo. No entanto, há pouca necessidade de fazer isso, uma vez que seus danos, biologia e gerenciamento são praticamente os mesmos.

IDENTIFICAÇÃO

A olho nu, os ácaros-aranha parecem pequenos pontos em movimento; no entanto, você pode vê-los facilmente com uma lente de mão de 10X. As fêmeas adultas, as formas maiores, têm menos de 1/20 de polegada de comprimento. Os ácaros-aranha vivem em colônias, principalmente na superfície inferior das folhas, uma única colônia pode conter centenas de indivíduos (Figura 2). Os nomes & ldquospider ácaro & rdquo e & ldquowebspinning ácaro & rdquo vêm da teia de seda que a maioria das espécies produzem em folhas infestadas (Figura 3). A presença de teia é uma maneira fácil de distingui-los de todos os outros tipos de ácaros e pequenos insetos, como pulgões e tripes, que também podem infestar a parte inferior das folhas.

Os ácaros adultos têm oito patas e um corpo oval com duas manchas vermelhas perto da extremidade da cabeça. As fêmeas geralmente apresentam uma grande mancha escura em cada lado do corpo e numerosas cerdas cobrindo as pernas e o corpo. Os imaturos se parecem com os adultos (exceto que são muito menores), e as larvas recém-eclodidas têm apenas seis patas. Os outros estágios imaturos têm oito pernas. Os ovos são esféricos e translúcidos, como gotículas minúsculas, tornando-se de cor creme antes da eclosão (Figura 4).

VIDA ÚTIL

Em algumas partes da Califórnia, os ácaros podem se alimentar e se reproduzir durante todo o ano em plantas que mantêm suas folhas verdes durante o inverno. Em áreas mais frias e em árvores decíduas que deixam cair suas folhas, os ácaros da teia hibernam como fêmeas vermelhas ou laranjas acasaladas sob escamas de casca áspera e em lixo e lixo do solo. Eles começam a se alimentar e botar ovos quando o tempo quente retorna na primavera.

Os ácaros se reproduzem rapidamente em climas quentes e costumam se tornar numerosos de junho a setembro. Se a temperatura e o suprimento de alimentos forem favoráveis, uma geração pode ser completada em menos de uma semana (Figura 5). Os ácaros aranha preferem condições quentes e empoeiradas e geralmente são encontrados pela primeira vez em árvores ou plantas adjacentes a estradas empoeiradas ou nas margens de jardins. Plantas sob estresse hídrico também são altamente suscetíveis. À medida que a qualidade da folhagem diminui em plantas fortemente infestadas, os ácaros fêmeas pegam as correntes de vento e se dispersam para outras plantas. As populações de ácaros altos podem sofrer um rápido declínio no final do verão, quando os predadores os alcançam, as condições das plantas hospedeiras tornam-se desfavoráveis ​​e o clima fica mais frio, assim como após a chuva.

DANO

Os ácaros causam danos ao sugar o conteúdo das células das folhas. Um pequeno número de ácaros geralmente não é motivo de preocupação, mas populações muito altas e níveis médios altos o suficiente para mostrar danos visíveis às folhas e plantas daninhas de mdashcan, especialmente as herbáceas. No início, o dano aparece como um pontilhado de pontos claros nas folhas, às vezes as folhas assumem uma cor de bronze. Conforme a alimentação continua, as folhas ficam amareladas ou avermelhadas e caem. Freqüentemente, grandes quantidades de teias cobrem folhas, galhos e frutas. Os danos geralmente são piores quando agravados pelo estresse hídrico.

A perda de folhas pode causar perdas de rendimento em árvores frutíferas durante o ano de infestação, a menos que ocorra na primavera ou no início do verão, mas pode afetar a safra do próximo ano. Em plantações anuais de vegetais, como abóbora, melão e melancia, a perda de folhas pode ter um impacto significativo na produção e levar a queimaduras solares. Em safras como ervilha-de-açúcar e feijão, onde as vagens são atacadas, os ácaros podem causar danos diretos. Em plantas ornamentais, os ácaros são principalmente uma preocupação estética, mas podem matar plantas se as populações se tornarem muito altas em plantas anuais. Os ácaros da aranha também são pragas importantes das rosas cultivadas no campo.

GESTÃO

Os ácaros da aranha têm muitos inimigos naturais que muitas vezes limitam as populações. A irrigação adequada é importante, porque as plantas com escassez de água têm maior probabilidade de serem danificadas. Tratamentos com inseticidas de amplo espectro para outras pragas freqüentemente causam surtos de ácaros, portanto, evite esses pesticidas quando possível. Sprays de água, óleos inseticidas ou sabonetes podem ser usados ​​para o manejo. Sempre monitore os níveis de ácaros antes do tratamento.

Monitoramento

Os ácaros são minúsculos e difíceis de detectar. Você normalmente percebe os danos às plantas, como folhas pontilhadas ou amarelas, antes de avistar os ácaros (Figura 6). Verifique a parte de baixo das folhas para ver se há ácaros, seus ovos e teia. Você precisa de uma lente de mão para identificá-los. Para observar os ácaros mais de perto, sacuda alguns da superfície da folha em uma folha de papel branca. Uma vez perturbados, eles se moverão rapidamente. Certifique-se de que os ácaros estão presentes antes de tratar. Às vezes, os ácaros já terão desaparecido quando você perceber que as plantas danificadas geralmente se recuperam depois que os ácaros saem.

Controle biológico

Os ácaros da aranha têm muitos inimigos naturais, o que limita seu número em muitas paisagens e jardins, especialmente quando não são perturbados por sprays de pesticidas. Alguns dos mais importantes são os ácaros predadores, incluindo o ácaro predador ocidental (Figura 7), Galendromus (anteriormente Metaseiulus) occidentalis, e Phytoseiulus espécies de ácaros. Os ácaros predadores têm quase o mesmo tamanho que os ácaros que se alimentam de plantas, mas têm pernas mais longas e são mais ativos; eles também têm mais formato de lágrima do que os ácaros-aranha.

Vários outros insetos também são predadores importantes e tripes manchados (Scolothrips sexmaculatus) (Figura 8), as larvas e adultos do besouro-joaninha destruidor de ácaros (Stethorus picipes), as larvas de certas moscas, incluindo o cecidomídeo Feltiella acarivora (Figura 9), e vários predadores gerais, como insetos piratas minúsculos, insetos de olhos grandes e larvas de renda e tímidas. Tripes de flores do Oeste, Frankliniella occidentalis, pode ser um predador importante de ovos e larvas de ácaros, mas esta espécie também infligirá danos severos às plantas se os ácaros não estiverem presentes para se alimentar.

A compra e a liberação de ácaros predadores podem ser úteis no estabelecimento de populações em grandes plantações ou pomares, mas os melhores resultados são obtidos criando condições favoráveis ​​para predadores de ocorrência natural, como evitar condições de poeira e pulverizações de inseticidas. Os principais ácaros predadores comercialmente disponíveis para liberação são o ácaro predador ocidental e Phytoseiulus. O ácaro predador ocidental é mais eficaz em condições quentes e secas. Esses predadores não se alimentam de folhagem ou se tornam pragas, portanto, se os ácaros das pragas não estiverem disponíveis quando os ácaros predadores são soltos, os predadores morrem de fome ou migram para outro lugar.

Se você deseja estabelecer predadores em um pomar ou jardim fortemente infestado com poucos predadores, use um spray de sabão ou um miticida seletivo para reduzir os ácaros-praga a um nível mais baixo e depois liberar os ácaros predadores. Uma boa diretriz é que um predador é necessário para cada 10 ácaros-aranha para fornecer controle. Mais de uma aplicação de ácaros predadores pode ser necessária se você deseja reduzir as populações de pragas rapidamente. Concentre as liberações em pontos críticos onde o número de ácaros é mais alto. Uma vez estabelecidos em plantas perenes, os ácaros predadores podem se reproduzir e fornecer controle biológico indefinidamente sem aumento adicional, a menos que inseticidas não seletivos sejam aplicados para matar os predadores.

Controle Cultural

As práticas culturais podem ter um impacto significativo sobre os ácaros. Condições empoeiradas geralmente levam a surtos de ácaros. Aplique água em caminhos e outras áreas empoeiradas em intervalos regulares. Árvores e plantas com estresse hídrico são menos tolerantes aos danos do ácaro-aranha. Certifique-se de fornecer irrigação adequada. Lavar as árvores e vinhas com água no meio e na estação para remover a poeira pode ajudar a prevenir infestações de ácaros graves no final da estação.

Em jardins e em pequenas árvores frutíferas, a pulverização regular e vigorosa de plantas com água geralmente reduz o número de ácaros-aranha de maneira adequada. Certifique-se de obter uma boa cobertura, especialmente na parte inferior das folhas. Se for necessário mais controle, use um sabão ou óleo inseticida em seu spray, mas teste o produto em uma ou duas plantas para ter certeza de que não é prejudicial para elas. (Veja Controle Químico abaixo.)

Controle Químico

Os ácaros da aranha freqüentemente se tornam um problema após a aplicação de inseticidas. Esses surtos são comumente o resultado do inseticida matando os ácaros e inimigos naturais, mas também ocorrem quando certos inseticidas estimulam a reprodução dos ácaros. Por exemplo, os ácaros-aranha expostos ao carbaril (Sevin) em laboratório demonstraram se reproduzir mais rápido do que as populações não tratadas. O carbaril, alguns organofosforados e alguns piretróides aparentemente também favorecem os ácaros, aumentando o nível de nitrogênio nas folhas. Os inseticidas aplicados durante o clima quente geralmente parecem ter o maior efeito, causando surtos dramáticos de ácaros em poucos dias.

Se for necessário um tratamento para ácaros, use materiais seletivos, de preferência sabonete inseticida ou óleo inseticida. Tanto os óleos hortícolas à base de petróleo quanto os óleos vegetais, como os de nim, de canola ou de semente de algodão, são aceitáveis. Existem também vários extratos de plantas formulados como acaricidas (um pesticida que mata os ácaros) que exercem um efeito sobre os ácaros. Estes incluem extrato de alho, óleo de cravo, óleos de hortelã, óleo de alecrim, óleo de canela e outros. Não use sabonetes ou óleos em plantas com estresse hídrico ou quando as temperaturas excederem 90 ° C. Esses materiais podem ferir algumas plantas, portanto verifique os rótulos e / ou teste-os em uma parte da folhagem vários dias antes de aplicar um tratamento completo. Óleos e sabões devem entrar em contato com os ácaros para matá-los, portanto, uma cobertura excelente, especialmente na parte inferior das folhas, é essencial, e aplicações repetidas podem ser necessárias.

Sprays de enxofre podem ser usados ​​em alguns vegetais, árvores frutíferas e plantas ornamentais. Este produto queima pepino e tímidos e outras plantas em alguns casos. Não use enxofre, a menos que seja seguro para a planta em sua localidade. Use produtos líquidos, como combinações de sabão de enxofre e potássio (por exemplo, Safer Brand 3-in-1 Garden Spray) em vez de poeiras de enxofre, que flutuam facilmente e podem ser inaladas. Não use enxofre se as temperaturas excederem 90 ° C e não aplique enxofre dentro 30 dias de spray de óleo. O enxofre é um irritante para a pele e risco respiratório e ocular, portanto, sempre use roupas de proteção adequadas.

REFERÊNCIAS

Dreistadt, S. H., J. K. Clark e M. L. Flint. 2004. Pragas de Árvores e Arbustos da Paisagem: Um Guia de Manejo Integrado de Pragas, 2ª ed. Oakland: Univ. Calif. Agric. Nat. Res. Publ. 3359.

INFORMAÇÕES DE PUBLICAÇÃO

Observações sobre pragas: ácaros-aranha
Publicação UC ANR 7405

Autor: L. D. Godfrey, Entomology, UC Davis

Produzido por UC Statewide Pest Management Program University of California, Davis, CA 95616

PDF: Para exibir um documento PDF, pode ser necessário usar um leitor de PDF.

Programa estadual IPM, Agricultura e Recursos Naturais, Universidade da Califórnia
Todo o conteúdo é protegido por direitos autorais e cópia 2019 de The Regents of the University of California. Todos os direitos reservados.


Identificação de ácaros-aranha em plantas domésticas e externas

Inicialmente, os danos do ácaro-aranha aparecerão como pequenas manchas amarelas ou marrons nas folhas da planta. Se a planta estiver muito infestada, a saúde da planta será prejudicada, ela pode desenvolver folhas completamente amarelas e pode parar de crescer.

Danos ao ácaro aranha também podem incluir uma teia do tipo teia de aranha na planta. Os ácaros da aranha são aracnídeos e estão relacionados às aranhas. Eles produzem teias para se protegerem e aos seus ovos.

É muito difícil ver ácaros-aranha em plantas domésticas e plantas ao ar livre a olho nu porque eles são tão pequenos, mas se você suspeitar que sua planta tem ácaros-aranha, você pode segurar um pedaço de papel sob as folhas da planta e sacudi-los suavemente. Se forem ácaros, partículas cairão no papel que se parece com pimenta.


Dicas para identificar um recluso marrom

A aranha marrom reclusa é uma aranha venenosa, muitas vezes chamada de aranha violino ou violino, devido ao fato de possuir uma marca em forma de violino no dorso. Essa aranha também é incomum porque tem apenas seis olhos, enquanto a maioria das aranhas tem oito. Saber como identificar uma aranha marrom reclusa pode ajudá-lo a evitar encontros desagradáveis. Aqui estão algumas dicas para ajudar.

Onde vivem as aranhas reclusas marrons?

Essas aranhas são comumente encontradas em 15 estados: Alabama, Arkansas, Geórgia, Illinois, Indiana, Iowa, Kansas, Kentucky, Louisiana, Mississippi, Missouri, Ohio, Oklahoma, Tennessee e Texas. As aranhas reclusas marrons podem ser transportadas de um local para outro em caixas e outros itens.

Que cor é essa?

Um recluso marrom tem um corpo bronzeado a marrom. Suas pernas são do mesmo marrom claro, sem outras marcas.

Como você pode localizar suas marcas distintivas?

Ao determinar como identificar uma aranha reclusa marrom, uma das maneiras mais comuns é olhar para a marcação em seu corpo. A forma do violino deve ser relativamente fácil de distinguir se você olhar de perto. Este formato de violino se destaca porque é muito mais escuro do que o resto do corpo. A marcação está localizada na parte superior da aranha, também conhecida como cefalotórax.

O corpo tem cabelo?

O corpo do recluso marrom é coberto por uma série de pêlos finos e pequenos que se parecem um pouco com pele. As pernas da aranha são lisas.

Quão grande é isso?

Essas aranhas não crescem muito. Com as pernas estendidas, o recluso marrom tem aproximadamente o diâmetro de um quarto. Se a aranha que você está olhando for maior do que isso, provavelmente você está olhando para um tipo diferente de aranha.

Como são suas teias?

Teias de aranha marrom reclusa costumam estar escondidas, então você pode não vê-las. Essas teias também não são usadas para capturar presas como muitas outras espécies de aranhas para fazer. Teias reclusas marrons são soltas e pegajosas. A cor da teia é geralmente esbranquiçada ou acinzentada. As teias geralmente são encontradas no nível do solo e são mal organizadas.

Onde você encontrou a aranha?

Como seu nome pode sugerir, essas aranhas preferem viver em áreas escuras, secas e sem perturbações. Aqui estão alguns lugares onde você provavelmente os encontrará:


Quando levo grupos para a floresta, ao longo da costa ou para o campo, invariavelmente temos que lidar com picadas de insetos. Uma das perguntas mais comuns que recebo é: "Qual é a aparência de uma picada de aranha?" ou "Como posso saber o que me mordeu?" É uma pergunta difícil de responder, mas tentarei fornecer algumas informações básicas sobre o que procurar.

Existem mais insetos e invertebrados na Terra do que quaisquer outras criaturas vivas, portanto, torna-se difícil classificar especificamente como todos eles se comportam e como interagem com os humanos, em parte porque varia de acordo com onde você está, o temperamento da fera rastejante, a constituição física do invertebrado, sua físico-química, etc. No entanto, existem alguns pontos em comum que você pode procurar.

NOTA: Não sou um médico treinado, portanto, use os materiais abaixo como orientações e conselhos gerais e procure tratamento profissional se tiver sido mordido ou picado e precisar de ajuda.

Primeiro, nem todas as coisas que picam e picam são insetos

Lembre-se de que todos os insetos têm três partes do corpo e seis pernas. Isso significa que nem todos os invertebrados que picam são insetos. Isso é verdade para as aranhas, que têm duas partes do corpo e oito patas, bem como para os carrapatos, larvas, escorpiões e sanguessugas.

Um mosquito picando um humano (Foto: Wiki commons).

A diferença entre mordidas e picadas

Invertebrados que se alimentam de sangue MORDIDA, enquanto invertebrados que se defendem ou usam o veneno para incapacitar a presa STING.

Não se confunda com os termos mordida e picada. Uma mordida geralmente envolve peças da boca, variando de mandíbulas (bocais em forma de pinça) a uma grande tromba parecida com um canudo ou nariz. As picadas geralmente envolvem a extremidade oposta do invertebrado e o abdômen. Existem algumas exceções com lagartas e outras criaturas cujos cabelos podem pesar muito.

Invertebrados que injetam veneno. As aranhas que picam também usam o veneno para incapacitar a presa, assim como os insetos assassinos, que usam um veneno tóxico para transformar suas presas (outros insetos) em mingau bebível. Mas nem sempre que algo pica você tem que injetar veneno. Existem coisas como picadas e picadas secas também.

NOTA:As criaturas e plantas que te deixam doente se você as comer são chamadas de venenosas, é por isso que uso o termo venenoso aqui.

Só porque um inseto não tem veneno, não significa que não vai morder para se defender. Muitas aranhas são inofensivas, mas se você realmente as assustar ou se elas sentirem medo por suas vidas, irão morder. O mesmo é verdadeiro para criaturas como insetos assassinos ou insetos de roda. Quando ameaçados, eles podem esfaquear você com sua tromba longa, mas não injetar veneno. Se você tem uma aranha desconhecida na casa, você pode usar um apanhador de aranha humano para removê-la, clique aqui.

As lagartas da sela têm pêlos venenosos (Foto: Wiki Commons).

Alguns insetos, como as lagartas, não picam no sentido tradicional, mas se você tocar suas espinhas envenenadas, ou seus cabelos, ainda poderá ter uma reação como se tivesse sido picado por uma abelha ou vespa. Lagartas com dorso de sela (veja acima) têm pêlos urticantes venenosos (você não ama os grandes termos científicos?), O que significa que coçam e picam se você os endurecer. As tarântulas têm algo semelhante, mas muitas delas têm pelos que caem e o irritam.

Mais picadas de insetos do que ferroadas. Aqui está uma lista de invertebrados terrestres que picam, mordem e venenosos do leste dos Estados Unidos:

As formigas de veludo vermelho são um tipo de vespa que pode picar (Foto: Wiki commons).

Criaturas Stinging

  • Hornets
  • Vespas (incluindo formigas aveludadas, elas são realmente vespas)
  • Jaquetas amarelas
  • Formigas
  • Abelhas
  • Escorpiões

Criaturas mordendo

  • Mosquitos
  • Moscas picadoras
  • Moscas negras
  • Horse Flies
  • Deer Flies
  • Moscas tsé-tsé
  • Sand Flies
  • Mordendo Midges
  • Insetos Assassinos
  • Erros de roda
  • Libélulas
  • Pulgas
  • Carrapatos
  • Percevejos
  • Piolhos
  • Carrapatos
  • Ácaros
  • Chiggers
  • Sanguessugas

Lagartas com glândulas de veneno e cabelos ou espinhos

  • Lagartas do Saddleback
  • Lagartas da mariposa flanela
  • Lagarta da mariposa Io
  • Lagartas da mariposa Tussock
  • Casulos de lagarta de barraca (com pó venenoso)

Esta lista está longe de estar completa, mas contém as espécies mais comuns que você pode encontrar. Para mais informações sobre lagartas que picam, confira este artigo de L.L. Hyche, da Auburn University.

Como são as picadas e picadas?

Cada mordida e ferroada são exclusivos da criatura que o morde ou pica. A forma como as picadas e picadas aparecem em sua pele varia de acordo com sua sensibilidade, quantas picadas ou picadas você recebeu e se recebeu uma dose de veneno, bem como a quantidade. Vou mostrar algumas imagens abaixo.

Stings

A maioria das criaturas terrestres que picam são da ordem de Himenópteros. As picadas de formigas, vespas, abelhas e vespas são para defesa ou predação e quase sempre vêm do abdômen ou da parte traseira da criatura.

Esta imagem SEM em close de um ferrão de abelha mostra as farpas na ponta (Foto: Wiki commons).

Lembre-se, eles não querem picá-lo! Isso é especialmente verdadeiro para as abelhas melíferas, que morrem após picarem. Algumas espécies de formigas, vespas e abelhas são mais propensas à agressão, como as abelhas russas, formigas de veludo e jaquetas amarelas, enquanto a maioria é bastante branda e inofensiva. Lembre-se de que os benefícios desses insetos superam o fato de que eles picam. Na verdade, a maioria das vespas são caçadoras de insetos e são ótimas para comer pragas de jardim e de casa!

As abelhas e os zangões usam seus ferrões exclusivamente para defesa.Seu ferrão é um ovipositor modificado (tubo de postura de ovos). As abelhas só podem picar uma vez, porque o ferrão é farpado e vai aderir à pele ou superfície picada. As abelhas, literalmente, puxam seus órgãos internos quando se afastam da criatura que está sendo picada e quando seu ferrão é deixado para trás. É importante lembrar que, quando eles fazem isso, seu saco de veneno e glândula dufours (odor) são deixados para trás. Eles ainda estão bombeando, embora a abelha tenha partido. É por isso que é importante remover o ferrão imediatamente após o contato.

As abelhas podem picar várias vezes, porque seu ferrão é liso, o que permite que se movam para dentro e para fora da criatura sendo picada. No entanto, como acontece com as abelhas, seu veneno é um coquetel de substâncias químicas da glândula dufours, que inclui uma dica de "cheiro" que sinaliza "perigo" e pode trazer mais abelhas. Por isso, é tão importante se retirar da área da picada de abelha quanto remover o ferrão.

Se você não acredita em mim, que o ferrão ainda bombeia depois que a abelha vai embora, confira este vídeo:

As picadas de abelha doem porque há três compostos misturados no coquetel de veneno: melitina, fosfolipase e A-hialuronidase. Esses três produtos químicos quebram os componentes das células, interrompem os sinais biológicos (causando dor) e causam a liberação de hemoglobina no sangue. O veneno da abelha é principalmente à base de proteínas, enquanto o veneno da formiga de fogo é cerca de 95% alcalóide.

Vespas, algumas abelhas e jaquetas amarelas também podem picar várias vezes, e seus ferrões são lisos como uma abelha. As formigas de veludo, também chamadas de "matadoras de vacas", são na verdade um tipo de vespa e também podem picar várias vezes.

Esta é a imagem de um ferrão de vespa, note que é liso, ao contrário do ferrão de uma abelha (Foto: Wiki commons).

Todas as picadas causam algum tipo de reação anafilática, a gravidade da reação depende das condições mencionadas anteriormente. Essa reação é essencialmente o mecanismo de defesa do corpo, liberando histamina e outras substâncias químicas. Em casos extremos, as vias aéreas podem se contrair e causar uma situação de risco de vida. Estima-se que o número letal de picadas seja de aproximadamente 20 picadas por quilo de peso.

Alguns dos sintomas de uma picada são:inchaço da área afetada, rosto, olhos ou língua, sensibilidade, dor, coceira, urticária, respiração ofegante, fala arrastada, congestão nasal, náusea ou vômito, dificuldade em respirar ou engolir, ansiedade e ansiedade. Sintomas de risco de vida aparecerão cerca de 10 minutos após a picada.

O que procurar: a maioria das picadas de abelha aparecem como áreas inchadas e vermelhas da pele, de cerca de um centavo a um quarto do tamanho (dependendo da pessoa), com um centro esbranquiçado onde o ferrão entrou. Se uma vespa ou abelha picar você várias vezes, a área de inflamação pode ser maior. Em alguns casos, o centro da picada também pode desenvolver um nó ou ponto escuro.

Exemplo de uma picada de abelha (Foto: Wiki commons).

Como remover ferrões e tratar picadas:

  • Remova os ferrões com um cartão de crédito ou outro objeto plano. Não use pinças! O uso de pinças pode apertar o saco de veneno na extremidade do ferrão e causar mais envenenamento. Raspe o ferrão.
  • Eu geralmente uso um marcador permanente para circundar o local da picada, para que eu possa acompanhar o inchaço da picada ao longo do tempo. O marcador permanente também não lava quando você aplica gelo.
  • Aplique gelo na área inchada imediatamente.
  • Se ocorrer algum sintoma grave, procure ajuda imediatamente ou se os sintomas de dor, inchaço, etc. persistirem após vários dias para consultar um médico.
  • Você também pode tomar um anti-histamínico para reduzir a dor ou um analgésico de venda livre para aliviar a dor da picada.
  • Algumas pessoas carregam epi-canetas consigo, para conter as reações anti-histamínicas graves. Para saber mais sobre o que é isso, verifique a página do EpiPen.
  • Pessoalmente, gosto do creme de ervas chamado "Sting Stop" para ajudar a aliviar as picadas de abelhas e vespas. Clique aqui para saber mais.

Algumas dicas para evitar ser picado:

  • Use roupas de cores claras (para as abelhas e vespas você parece um grande urso ou predador, se você usa cores escuras, é por isso que os apicultores usam branco).
  • Evite shampoos e produtos corporais com cheiro floral.
  • Fique calmo e mova-se lentamente ao redor de abelhas e vespas, não bata e se agite!
  • Corra para uma área segura em linha reta e tente encontrar um local selado onde os insetos não possam ter acesso. NÃO CORRA PARA OUTRAS PESSOAS.
  • Não tire a roupa, isso só abre mais lugares da pele sensível para serem picados.
  • Não use equipamentos barulhentos perto de colmeias (cortadores de grama, comedores de ervas daninhas, aparelhos de som, etc.).
  • Use uma camisa de mangas compridas e calças.
  • Prenda as calças nas meias.
  • Evite bebidas doces, como refrigerantes, e áreas onde as coisas doces são descartadas, como latas de lixo. .

Mordidas

Como você pode não amar um rosto assim? Mesmo que algumas aranhas pareçam assustadoras, esta teia de aranha de berçário é menor do que a unha do seu dedo mindinho e é inofensiva (Foto: Wiki commons).

As mordidas ocorrem porque os animais precisam se alimentar e, frequentemente, por razões de defesa. Todas as mordidas vêm da boca dos animais, que podem ser mandíbulas ou trombas. As picadas de invertebrados podem variar desde a simples "picada" de um mosquito até a dupla picada de presa de uma aranha. As picadas nem sempre envolvem a injeção de veneno, como acontece com as aranhas. Pode haver outros produtos químicos na saliva ou partes da boca do organismo que podem causar uma reação dolorosa, como a saliva de mosquitos ou carrapatos. Existem muitos tipos e estilos diferentes de mordidas, dependendo das criaturas. Aqui, abordarei alguns dos mais comuns que você pode encontrar.

Picadas de aranha

Na América do Norte, existem realmente apenas duas aranhas com as quais você precisa se preocupar em picar você, reclusos marrons e viúvas negras. Se você não tem certeza de como distinguir as aranhas marrons, verifique minhas postagens anteriores sobre como identificar aranhas marrons ou viúvas negras. Você também pode adquirir um guia para ajudá-lo a identificar o que você tem em casa, clique aqui para o Golden Guide ou clique aqui para obter o guia profissional.

Quase todas as aranhas podem morder, mas têm muito, muito medo dos humanos e, na maioria dos casos, suas presas são tão pequenas que você nem sentiria se mordessem. Além disso, quase todas as picadas de aranha são inofensivas. Então, respire fundo. Se você acha que foi mordido por uma aranha, certifique-se de que não é uma picada ou mordida de outra criatura primeiro.

Aqui está uma foto de uma picada de aranha.

Essas duas marcas de presas são típicas de uma picada de aranha e são bem pequenas (Foto: David

Sintomas de picadas de aranha:

Picadas de viúvas negras podem ser graves, mas raramente são letais e geralmente não são piores do que uma picada de abelha. Procure uma área inchada e vermelha, calafrios, febre, dor abdominal, náusea, anafilaxia, falta de ar, dor de cabeça e vômito.

As mordidas reclusas marrons incluem os mesmos sintomas, embora a maioria das pessoas diga que são indolores. As picadas podem causar erupção na pele, febre baixa ou apatia. Em casos raros, o dano ao tecido pode ocorrer a partir de uma mordida reclusa marrom, com necrose ou morte do tecido ocorrendo, geralmente entre 12-96 dias depois. Isso é causado por uma enzima no veneno da aranha que destrói as membranas celulares. Não há uma maneira confirmada de interromper a necrose; ela deve ser deixada para se espalhar até que pare e comece a cicatrizar. Isso pode levar semanas. Eu enfatizaria que isso é raro. Mortes por reclusão marrom são relatadas apenas em crianças menores de 7 anos de idade.

Este padrão de mordida não é incomum para uma picada de aranha, com um anel ao redor da picada e um centro escuro que pode ser confundido com o olho de um touro de lyme (Foto: Pac Dog Flicker Sharing).

Picadas de aranha reclusa marrom são extremamente raras, como se vê apenas uma. Eles tendem a se reunir em grandes grupos onde são endêmicos, e nem todos são grandes o suficiente para envenenar. Raramente viajam em "solteiros". Portanto, se você acha que foi mordido por um, olhe nas proximidades, deve haver mais. Confira este artigo de "Rick Vetter, da UC Riverside na Universidade da Califórnia. Ele entra em grandes detalhes sobre o diagnóstico excessivo de mordidas reclusas marrons.

O que procurar

Se você acha que foi mordido, procure uma ou duas pequenas marcas de presas, geralmente com alguma vermelhidão localizada e inchaço. No caso do recluso marrom, você também pode começar a ver necrose após 12 horas, mas é muito raro. Às vezes, o local da mordida pode ficar firme ao toque. Se ocorrer necrose, ela pode começar com bolhas, uma tonalidade azulada e uma mancha necrótica e enegrecida onde o tecido começa a morrer. Como acontece com todas as mordidas e picadas, gosto de circundá-los com um marcador permanente para manter o controle de como eles incham ou se espalham.

Tratamento de picadas de aranha

  • Fique calmo, você não quer aumentar a circulação do sangue e do veneno.
  • Aplique um pano frio e gelo.
  • Não aplique torniquete.
  • Se você pode pegar a aranha com segurança, tente fazê-lo, para o médico ou médico.
  • Você pode tomar analgésicos e anti-histamínicos locais, como Benadryl, para aliviar a dor e a coceira.
  • Eu gosto do creme de ervas chamado "Sting Stop" para ajudar a aliviar as picadas de abelhas e vespas, mas também ajuda com mordidas gerais de outras criaturas. Clique aqui para saber mais.

Picadas de mosquito

Apenas mosquitos fêmeas se alimentam de sangue, então não culpe os machos. Os mosquitos fêmeas encontram você detectando o dióxido de carbono que você exala, bem como o calor do seu corpo. Eles podem até detectar o ácido láctico, portanto, se você estiver malhando, estará extremamente vulnerável!

Esta é uma picada de mosquito típica (Foto: Wiki commons).

Quando um mosquito pica você, ele usa uma tromba semelhante a um focinho oco, que na verdade é bastante flexível e contém dois tubos. As peças bucais podem deslizar para a pele e realmente "sondar" ao redor até encontrar um vaso sanguíneo para sugar. Eles podem sentir as diferenças entre o tecido e os vasos sanguíneos com seus focinhos.

Aqui está um vídeo fascinante que mostra uma probóscide de mosquito:

Uma parte de seu focinho complexo é um tubo que secreta saliva em você, a outra é um "canudo". Sua saliva contém uma substância química que age como um anestésico, então você não os sente "sondando". Eles também têm mandíbulas serrilhadas que trabalham sondando e rasgando o tecido para ajudar a fazer você sangrar, enquanto procura suas veias. Esses sugadores de sangue também são incríveis porque podem sugar sangue e cuspir anestesia ao mesmo tempo! Se atingirem uma boa veia, o tubo de saliva começa a secretar mais substâncias químicas, a saber, um vasodialator (que faz com que os vasos sanguíneos se dilatem e o sangue flua mais livremente) e um anticoagulante que impede a coagulação do sangue. É durante essa "injeção" que os parasitas da saliva do mosquito são transmitidos aos humanos, como a malária.

O que procurar em picadas de mosquito

A reação às picadas de mosquito varia de pessoa para pessoa e também depende da sua idade e exposição.

Este é o mosquito tigre comum (Foto: Wiki commons).

Tratamento para picadas de mosquito

Treatment for mosquito bites is about the same as for other bites and stings, ice, or cool cloths, antihistamine, and/or anit -itch medication. As an aside, I find that mud applied to bites and stings helps to take out the itch and sting too!

This blog post has gotten quite long, and as you can tell, there's a lot to know about bites and stings, all of which can be very "creature" specific. I'll cover ticks, chiggers, and wheel bugs in another post, but for now this is a good start, and remember, precaution, common sense, insect repellent, and a healthy respect for our invertebrate friends is always a good idea.


Conteúdo

Biologia Editar

Although there is some disagreement as to how to precisely define behavior in a biological context, one common interpretation based on a meta-analysis of scientific literature states that "behavior is the internally coordinated responses (actions or inactions) of whole living organisms (individuals or groups) to internal and/or external stimuli". [3]

A broader definition of behavior, applicable to plants and other organisms, is similar to the concept of phenotypic plasticity. It describes behavior as a response to an event or environment change during the course of the lifetime of an individual, differing from other physiological or biochemical changes that occur more rapidly, and excluding changes that are result of development (ontogeny). [4] [5]

Behaviors can be either innate or learned from the environment.

Behavior can be regarded as any action of an organism that changes its relationship to its environment. Behavior provides outputs from the organism to the environment. [6]

Human behavior Edit

Human behavior is believed to be influenced by the endocrine system and the nervous system. It is most commonly believed that complexity in the behavior of an organism is correlated to the complexity of its nervous system. Generally, organisms with more complex nervous systems have a greater capacity to learn new responses and thus adjust their behavior. [7]

Animal behavior Edit

Ethology is the scientific and objective study of animal behavior, usually with a focus on behavior under natural conditions, and viewing behavior as an evolutionarily adaptive trait. [8] behaviorism is a term that also describes the scientific and objective study of animal behavior, usually referring to measured responses to stimuli or trained behavioral responses in a laboratory context, without a particular emphasis on evolutionary adaptivity. [9]

Consumers behavior Edit

Consumer behavior refers to the processes consumers go through, and reactions they have towards products or services. [10] It has to do with consumption, and the processes consumers go through around purchasing and consuming goods and services [11] Consumers recognise needs or wants, and go through a process to satisfy these needs. Consumer behavior is the process they go through as customers, which includes types of products purchased, amount spent, frequency of purchases and what influences them to make the purchase decision or not.

There is a lot that influences consumer behavior, with contributions from both internal and external factors. [11] Internal factors include attitudes, needs, motives, preferences and perceptual processes, whilst external factors include marketing activities, social and economic factors, and cultural aspects. [11] Doctor Lars Perner of the University of Southern California claims that there are also physical factors that influence consumer behavior, for example if a consumer is hungry, then this physical feeling of hunger will influence them so that they go and purchase a sandwich to satisfy the hunger. [12]

Consumer decision making Edit

There is a model described by Lars Perner which illustrates the decision making process with regards to consumer behavior. It begins with recognition of a problem, the consumer recognises a need or want which has not been satisfied. This leads the consumer to search for information, if it is a low involvement product then the search will be internal, identifying alternatives purely from memory. If the product is high involvement then the search be more thorough, such as reading reviews or reports or asking friends.

The consumer will then evaluate his or her alternatives, comparing price, quality, doing trade-offs between products and narrowing down the choice by eliminating the less appealing products until there is one left. After this has been identified, the consumer will purchase the product.

Finally the consumer will evaluate the purchase decision, and the purchased product, bringing in factors such as value for money, quality of goods and purchase experience. [12] However, this logical process does not always happen this way, people are emotional and irrational creatures. People make decisions with emotion and then justify it with logic according to Robert Caladini Ph.D Psychology.

How the 4P's influence consumer behavior Edit

The Marketing mix (4 P's) are a marketing tool, and stand for Price, Promotion, Product and Placement.

Because consumer behavior is influenced greatly by business to consumer marketing, the 4 P's will have an effect on consumer's behavior. The price of a good or service is largely determined by the market, as businesses will set their prices to be similar to that of other business so as to remain competitive whilst making a profit. When market prices for a product are high, it will cause consumers to purchase less and use purchased goods for longer periods of time, meaning they are purchasing the product less often. Alternatively, when market prices for a product are low, consumers are more likely to purchase more of the product, and more often.

The way that promotion influences consumer behavior has changed over time. In the past, large promotional campaigns and heavy advertising would convert into sales for a business, but nowadays businesses can have success on products with little or no advertising. This is due to the Internet, and in particular social media. They rely on word of mouth from consumers using social media, and as products trend online, so sales increase as products effectively promote themselves. Thus, promotion by businesses does not necessarily result in consumer behavior trending towards purchasing products.

The way that product influences consumer behavior is through consumer willingness to pay, and consumer preferences. This means that even if a company were to have a long history of products in the market, consumers will still pick a cheaper product over the company in question's product if it means they will pay less for something that is very similar. This is due to consumer willingness to pay, or their willingness to part with their money they have earned. Product also influences consumer behavior through customer preferences. For example, take Pepsi vs Coca-Cola, a Pepsi-drinker is less likely to purchase Coca-Cola, even if it is cheaper and more convenient. This is due to the preference of the consumer, and no matter how hard the opposing company tries they will not be able to force the customer to change their mind.

Product placement in the modern era has little influence on consumer behavior, due to the availability of goods online. If a customer can purchase a good from the comfort of their home instead of purchasing in-store, then the placement of products is not going to influence their purchase decision. [13]

Organizational Edit

In management, behaviors are associated with desired or undesired focuses. Managers generally note what the desired outcome is, but behavioral patterns can take over. These patterns are the reference to how often the desired behavior actually occurs. Before a behavior actually occurs, antecedents focus on the stimuli that influence the behavior that is about to happen. After the behavior occurs, consequences fall into place. Consequences consist of rewards or punishments.

Social behavior Edit

Social behavior is behavior among two or more organisms within the same species, and encompasses any behavior in which one member affects the other. This is due to an interaction among those members. Social behavior can be seen as similar to an exchange of goods, with the expectation that when one gives, one will receive the same. This behavior can be affected by both the qualities of the individual and the environmental (situational) factors. Therefore, social behavior arises as a result of an interaction between the two—the organism and its environment. This means that, in regards to humans, social behavior can be determined by both the individual characteristics of the person, and the situation they are in.

Behavior informatics [2] also called behavior computing, [14] explores behavior intelligence and behavior insights from the informatics and computing perspectives.

Different from applied behavior analysis from the psychological perspective, BI builds computational theories, systems and tools to qualitatively and quantitatively model, represent, analyze, and manage behaviors of individuals, groups and/or organizations.

Health behavior refers to a person's beliefs and actions regarding their health and well-being. Health behaviors are direct factors in maintaining a healthy lifestyle. Health behaviors are influenced by the social, cultural and physical environments in which we live and work. They are shaped by individual choices and external constraints. Positive behaviors help promote health and prevent disease, while the opposite is true for risk behaviors. [15] Health behaviors are early indicators of population health. Because of the time lag that often occurs between certain behaviors and the development of disease, these indicators may foreshadow the future burdens and benefits of health-risk and health-promoting behaviors. Health behaviors do not occur in isolation—they are influenced and constrained by social and cultural norms.

Correlates Edit

A variety of studies have examined the relationship between health behaviors and health outcomes (e.g., Blaxter 1990) and have demonstrated their role in both morbidity and mortality.

These studies have identified seven features of lifestyle which were associated with lower morbidity and higher subsequent long-term survival (Belloc and Breslow 1972):

  • Avoiding snacks
  • Eating breakfast regularly
  • Praticar exercícios regularmente
  • Maintaining a desirable body weight
  • Moderate alcohol intake
  • Not smoking
  • Sleeping 7–8h per night

Health behaviors impact upon individuals' quality of life, by delaying the onset of chronic disease and extending active lifespan. Smoking, alcohol consumption, diet, gaps in primary care services and low screening uptake are all significant determinants of poor health, and changing such behaviors should lead to improved health. For example, in USA, Healthy People 2000, United States Department of Health and Human Services, lists increased physical activity, changes in nutrition and reductions in tobacco, alcohol and drug use as important for health promotion and disease prevention.


Arabesque Orbweaver (Neoscona arabesca)

/>

/>

The small dashes and swirls on the abdomen of the Arabesque Orbweaver gracefully decorate every individual.

Updated: 01/26/2021 Authored By Staff Writer Content ©www.InsectIdentification.org

An arabesque is a graceful position in ballet, but it is also a highly ornate design consisting of curves and swirls that sometimes intersect. Tiles traditionally seen in Moorish buildings and floors showcase these rich, intricate drawings. It is this latter definition of the word that helps describe the Arabesque Orbweaver. Highly variable in color, some individuals are brown or almost orange, while others are gray or almost black. Females have wider, rounder abdomens than slender males, but all of them have a myriad of short lines and curvy dashes scrolling down the center of the abdomen. Thick, black dashes resemble commas, and these flank both sides of the central decoration, decreasing in size as the commas near the spider's rear. These markings are distinct for this species and helpful identification tools.

Like most other Orbweavers, the female Arabesque Orbweaver creates a circular web. The web may be between short bushes, or it may be near a walkway between a tree branch and handrail. Generally, areas with high foot traffic are avoided, but it has happened where webs are built in highly visible places. Under cover of night, the female sits in the center of her web, upside down. Sometimes an unsuspecting human walks right through it. Fortunately this tiny spider is not aggressive, and is likely to be just as alarmed as the person who destroyed her meal-catcher. When not tending the web during the day, the female takes shelter and hides under leaves. Usually smaller males hide nearby on a connecting branch or leaf.


Planting Spiderettes

As the daylight hours start to extend in the spring, your spider plant might begin to produce “spiderettes.”

Spiderettes are tiny little spider plants growing around the base of the plant. However, only mature spider plants will start creating spiderettes, and if the growing conditions are not ideal, then the plant will fail to produce offspring.

If you’re one of the gardeners that’s lucky enough to have a flowering mature spider plant then you can harvest the spiderettes and replant them in a separate container to add to your garden. The best way to root spiderettes is to leave them attached to the mother plant while they establish roots.

Select a spiderettes, and plant it in a pot next to the mother. Keep the soil wet, and when the plant establishes roots, you can cut it away entirely from the mother, bury the roots, and start growing a brand new spider plant!

Another method for propagating your spider plants is to cut off a plantlet, then place it in soil, and then water generously. We recommend that you plant the spiderette in a small material bag. This medium helps aerate the soil, allowing your spiderettes to root much faster. Place the bag in an indirectly sunny spot, and wait for the plant to root.

After rooting, remove the plant from the bag and plant it in a separate container. Water after planting, and then grow as you would a standard spider plant. For the best results from your transplant, let the spider plant reach 2-inches in foliage diameter before you remove it from the material bag for transplanting.


Spider Facts & Information

What do they look like?

Eight legs, two body regions,no wings or antennae. Three or four pair of eyes.

How Did I Get Spiders?

Loose screens and cracks under doors, windows, and other openings are all possible entryways for a spider. These pests may move indoors while searching for food, mates, warmth, or moisture. The presence of insects and other prey in homes is a common reason for spiders to come inside. Spiders are also accidentally introduced inside homes when they are unknowingly introduced to the home&rsquos interior via infested items such as plants, firewood, clothing and other items stored in attics, basements or other storage areas.

How Serious Are Spiders?

While most spiders pose little or no danger to people, some species can deliver venomous bites that may cause medical issues. In the U.S., the two most common venomous spiders are the brown recluse, distinguished by the violin-shaped marking on the top of its cephalothorax, the body part consisting the spider&rsquos fused together head and thorax. The other important venomous spider is the black widow, notable for the red hourglass shape on the underside of its jet-black abdomen.

How Can I Get Rid of Spiders?

The Orkin Man&trade is trained to help manage spiders and other pests. Since every yard or home is different, your Orkin technician will design a unique program for your situation.

Keeping spiders and pests out of your home is an ongoing process, not a one-time treatment. Orkin&rsquos exclusive A.I.M. solution is a continuing cycle of three critical steps &mdash Assess, Implement and Monitor.

The Orkin Man&trade can provide the right solution to keep spiders in their place. out of your home.

Behavior, Diet & Habits

Some spiders like moisture and are found in basements, crawl spaces and other damp parts of buildings. Others like dry, warm areas such as subfloor air vents, upper corners of rooms and attics. They hide in dark areas.

Tens of thousands of spider species have been identified throughout the world. These arachnids have eight legs and two body segments. Spiders have three or four pair of eyes. Many spiders have poor vision, but some species of spiders, such as the jumping spider, have exceptional vision.

What do they eat?

They feed on insects, other spiders and any other prey they are able to subdue.

Spiders do not have chewing mouthparts and commonly utilize digestive enzymes in their saliva to break prey down before consuming it. Additionally, the gut of a spider is too narrow to allow for consumption of large food particles. Almost all spider species are predators, although one plant-feeding species has been documented.

Reprodução

Females produce an egg sac from which emerge spiderlings. Spiderlings undergo a series of molts and eventually become adults. Males of many spider species court the female. For example, male jumping spiders perform elaborate dances to attract the attention of a female. Mating can be a dangerous event for males, since they may become a meal for the female afterwards.

Spiders are capable of producing silk that is elastic, adhesive and strong. This silk is used to spin webs as well as to construct egg sacs and line spider dwellings. The size and shape of spider webs vary by species: some are orb-shaped, while others are funnel-shaped some webs are orderly, while others appear haphazard. Some spider species live in burrows rather than webs, while others are free ranging and take refuge in crevices.


Jellyfish Stings and How To Treat Them

How many comedies have you watched where someone was stung by a jellyfish and the "hero" very selflessly offers to pee on the sting site? It really is just a comedy line, there is no truth in the myth and it can even make things worse! Yes, research as been done on this, and there's a great article in "Scientific American." If you'd like to read it, click here. For this article I'm going to do two things: 1) Explain what happens when you get stung by a jellyfish and 2) Give you some treatment options.