Em formação

Por que há mais aberturas estomáticas na superfície inferior de uma folha de dicotiledônea?

Por que há mais aberturas estomáticas na superfície inferior de uma folha de dicotiledônea?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Isso faz com que mais transpiração ocorra da superfície inferior da folha. Qual é a razão exata da existência de mais aberturas estomáticas na superfície inferior de uma folha de dicotiledônea?


Em primeiro lugar, não é necessário que todas as dicotiledôneas tenham estômatos na parte inferior das folhas. O lótus Nelumbo nucifera tem seus estômatos na face superior, devido à face inferior de suas folhas estar em contato com a água e, portanto, incapaz de transpirar com eficácia.

A razão pela qual os estômatos geralmente estão na superfície inferior foi analisada neste artigo, que rejeita a hipótese comum de que os estômatos aparecem na superfície inferior das folhas (hipoestomatosos) em resposta à secura, citando que as folhas hipoestomatosas são relativamente menos comuns em ambientes secos.

O artigo então analisa a correlação observada entre os parâmetros das folhas e suas localizações estomáticas.

Usando uma série de modelos computacionais (que concluem que, dado o conjunto de suposições no artigo, as folhas geralmente não devem ser hipoestomatosas), o artigo aborda as falhas do modelo e conclui que não há uma única razão pela qual as folhas são geralmente hipoestomatosas e, em seguida, traz algumas outras possibilidades que podem ajudar a explicar a maioria das plantas que são hipoestomatosas.


A. TIPO DE ESCOLHA MÚLTIPLA Transpiração Selina Concise para ICSE Classe 10

A tração da transpiração será máxima em qual conjunto das seguintes condições?

(a) Estômatos abertos, atmosfera seca e solo úmido

(b) Estômatos abertos, alta atmosfera úmida e solo bem irrigado

(c) Estômatos abertos, alta atmosfera úmida e solo seco

(d) Estômatos fechados, atmosfera seca e solo seco

Resposta 1

(a) Estômatos abertos, atmosfera seca e solo úmido

Questão 2

Com a diminuição da pressão atmosférica, a taxa de transpiração irá

Resposta 2

Questão 3

A taxa de transpiração é maior quando

(d) a atmosfera é seca e a temperatura elevada

Resposta 3

Questão 4

Um dos fatores internos que afetam a taxa de transpiração é

Resposta 4

Questão 5

A gutação ocorre através de

(c) epiderme inferior das folhas

Resposta 5

Questão 6

A perda de água como vapor de água das partes aéreas de uma planta é conhecida como

Resposta 6

Questão 7

A transpiração será mais rápida quando o dia for

Resposta 7

Questão 8

A maior parte da transpiração em árvores altas ocorre através

Resposta 8

Questão 9

A transpiração é melhor definida como

(a) perda de água pela planta

(b) evaporação da água das superfícies aéreas de uma planta

(c) perda de água, como vapor d'água, por uma planta

(d) liberação de água por uma planta na atmosfera

Resposta 9

(b) evaporação da água das superfícies aéreas de uma planta

B. TIPO DE RESPOSTA MUITO CURTA Transpiração ICSE Classe 10

(a) Aberturas na haste através das quais ocorre a transpiração

(b) O processo pelo qual a planta intacta perde água na forma de gotículas

(c) Um instrumento usado para encontrar a taxa de transpiração

(d) Uma planta em que os estômatos estão afundados

(e) O aparelho para registrar a taxa de transpiração em um tiro de corte.

(f) Quaisquer duas partes de uma folha que permitem a transpiração

(g) A estrutura em uma folha que permite a gutação

(h) Perda de água como gotículas nas margens de certas folhas.

Resposta 1

Questão 2

(a) Transpiração é a perda de água como água & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 das partes & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230 da planta.

(c) A transpiração ajuda a criar & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230. força e na eliminação do excesso & # 8230 & # 8230 & # 8230 & # 8230.

Resposta 2

(a) Transpiração é a perda de água como água vapor de aéreo partes da planta.

(b) Fechamento de estômatos e queda de folhas reduzem transpiração.

(c) A transpiração ajuda a criar sucção força e na eliminação do excesso agua.

C. TIPO DE RESPOSTA CURTA Solução de biologia Selina de transpiração para ICSE Classe 10

Questão 1

Dada a seguir é um exemplo de uma determinada estrutura e sua atividade funcional especial:

cloroplastos e fotossíntese

De maneira semelhante, escreva a atividade funcional em cada um dos seguintes:

Resposta 1

(b) proteção e redução da transpiração

(d) condução de água e sais minerais

Questão 2

(a) Declare se as seguintes afirmações são verdadeiras (T) ou falsas (F)?

(i) A maior parte da transpiração ocorre à meia-noite.

(ii) A transpiração cria um puxão para o movimento ascendente da seiva.

(iii) A velocidade do vento tem efeito na transpiração.

(iv) Voltímetro é um instrumento usado para medir a taxa de transpiração em plantas verdes.

(b) Reescreva as declarações falsas em (a) acima, na forma correta, alterando a primeira ou a última palavra apenas.

Resposta 2

(i) Falso. A maior parte da transpiração ocorre ao meio-dia.

(iv) Falso. Fotômetro é um instrumento usado para medir a taxa de transpiração em plantas verdes.

Questão 3

Dê uma explicação adequada para o seguinte:

(a) Uma taxa mais alta de transpiração é registrada em um dia de vento, em vez de em um dia calmo.

(b) A transpiração excessiva resulta no murchamento das folhas.

(c) Água transpirada é a água absorvida.

(d) Mais transpiração ocorre na superfície inferior de uma folha dorsiventral.

(e) A cortiça e a casca das árvores ajudam a prevenir a perda de água.

(f) A transpiração e a transpiração ajudam a resfriar a temperatura corporal do organismo.

(g) Em um dia ensolarado, as folhas de certas plantas rolam.

Resposta 3

(a) A transpiração aumenta com a velocidade do vento. Se o vento sopra mais rápido, os vapores de água liberados durante a transpiração são removidos mais rapidamente e a área ao redor da folha transpirante não fica saturada com vapor de água.

(b) Quando a taxa de transpiração excede em muito a taxa de absorção de água pelas raízes, as células perdem sua turgidez. Conseqüentemente, a transpiração excessiva resulta no murchamento das folhas.

(c) As plantas absorvem água continuamente através de suas raízes, que é então conduzida para cima, para todas as partes aéreas da planta, incluindo as folhas. Apenas uma pequena quantidade desta água, ou seja, cerca de 0,02%, é usada para a fotossíntese e outras atividades. O resto da água é transpirado como vapor d'água. Portanto, a água transpirada é a água absorvida.

(d) Existem mais aberturas estomáticas na superfície inferior de uma folha dorsiventral. Quanto mais o número de estômatos, maior é a taxa de transpiração. Conseqüentemente, mais transpiração ocorre na superfície inferior.

(e) A cortiça e a casca das árvores são tecidos de velhos caules lenhosos. A casca é espessa com a camada mais externa formada por células mortas e a cortiça é de natureza hidrofóbica. Essas propriedades os tornam à prova d'água e, portanto, evitam a transpiração.

(f) Tanto na transpiração quanto na transpiração, a água é perdida pela evaporação do corpo do organismo na forma de vapor d'água. Essa evaporação reduz a temperatura da superfície corporal e provoca o resfriamento do corpo do organismo.

(g) Em um dia ensolarado, a taxa de transpiração é muito maior do que em qualquer outro dia. As folhas de certas plantas rolam em um dia ensolarado para reduzir a superfície exposta e, assim, reduzir a taxa de transpiração.

Questão 4

Quais das seguintes afirmações são verdadeiras e quais são falsas? Justifique sua resposta.

(a) Potômetro é um instrumento usado para demonstrar a transpiração ocorrendo na superfície inferior de uma folha.

(b) Os hidátodos são semelhantes aos estômatos na fisiologia das plantas.

(c) A umidade atmosférica promove a transpiração de uma planta verde.

(d) Algumas plantas do deserto têm estômatos afundados em suas folhas.

(e) A maior parte da transpiração ocorre durante o meio-dia.

Resposta 4

Motivo: o potenciômetro é usado para medir a taxa de transpiração em uma planta. A demonstração da transpiração ocorrendo na superfície inferior de uma folha é feita analisando as mudanças na cor de pedaços de papel de cloreto de cobalto seco preso (e mantido no lugar) às duas superfícies de uma folha.

Motivo: os hidátodos são poros especiais presentes nas extremidades das nervuras das folhas, por onde ocorre a gutação e as gotas de água são liberadas. Suas aberturas não podem ser regulamentadas. Os estômatos, por outro lado, são minúsculas aberturas na camada epidérmica das folhas, por meio das quais ocorre a troca de gases e também a transpiração. A água é excretada como vapor de água. A abertura estomática é regulada por células-guarda.

Motivo: a transpiração é reduzida durante alta umidade atmosférica. A alta umidade do ar reduz a taxa de difusão para fora do vapor d'água interno através dos estômatos, reduzindo assim a taxa de transpiração.

Motivo: as plantas do deserto precisam reduzir a transpiração tanto quanto possível para sobreviver no ambiente quente e seco. Conseqüentemente, alguns deles têm estômatos afundados como uma adaptação para reduzir a transpiração.

Motivo: durante o dia, os estômatos estão abertos para facilitar a difusão interna do dióxido de carbono para a fotossíntese. Durante o meio-dia, a temperatura externa é mais elevada, por isso há mais evaporação da água das folhas. Portanto, ocorre mais transpiração durante o meio-dia.

Questão 5

Diferencie entre gutação e sangramento nas plantas.

Gutação Sangrando
É a remoção do excesso de água das plantas devido ao acúmulo de água em excesso na planta. É a retirada de água da planta por causa de um ferimento.
A água escapa de estruturas especializadas chamadas hidátodos. A água escapa na forma de seiva da parte danificada da planta.

D. TIPO DE RESPOSTA LONGA Soluções de biologia concisa da transpiração para ICSE Classe 10

O que está murchando? Algumas plantas apresentam murchamento das folhas ao meio-dia, mesmo quando o solo está bem regado. Por que é tão?

Resposta 1

Murcha se refere à perda de turgidez celular nas plantas, o que resulta na queda das folhas ou da planta como um todo devido à falta de água.

Durante o meio-dia, a taxa de transpiração excede a taxa de absorção de água pelas raízes. Devido à transpiração excessiva, as células das folhas perdem a turgidez e murcham.

Questão 2

Por que os estômatos da maioria das plantas são mais numerosos na superfície inferior da folha em vez de na superfície superior?

Resposta 2

A superfície inferior da folha é protegida da luz solar direta. Se mais estômatos estiverem na superfície superior de uma folha, ocorrerá transpiração excessiva, resultando em um rápido murchamento da planta. Conseqüentemente, a maioria das plantas tem estômatos mais numerosos na superfície inferior da folha para controlar a taxa de transpiração.

Questão 3

Suponha que você tenha uma pequena planta de rosa crescendo em um vaso. Como você demonstraria a transpiração nele?

Resposta 3

Pegue o pequeno vaso de roseira e cubra-o com um saco de polietileno transparente. Amarre sua boca ao redor da base do caule. Deixe a planta ao sol por uma ou duas horas.

Em breve surgirão gotas de água na parte interna da bolsa devido à saturação do vapor d'água liberado pelas folhas. Um saco de polietileno vazio semelhante com a boca amarrada e mantido ao sol não mostrará gotas de água. Este é o controle para mostrar que as plantas transpiram água na forma de água. Se testado com papel de cloreto de cobalto seco, as gotas serão confirmadas como somente água.

Questão 4

Resposta 4

Potômetro é um dispositivo que mede a taxa de ingestão de água por uma planta. Essa ingestão de água é quase igual à água perdida pela transpiração. Os potenciômetros não medem a perda de água devido à transpiração, mas medem a absorção de água pelo broto.

Questão 5

O que é transpiração lenticular? Mencione uma das principais diferenças entre a transpiração lenticular e a transpiração estomática.

Resposta 5

A transpiração que ocorre através das lenticelas, ou seja, minúsculas aberturas na superfície de hastes velhas, é chamada de transpiração lenticular.

A transpiração estomática é controlada pela planta alterando o tamanho do estoma, onde isso não acontece no caso de transpiração lenticular. Isso ocorre porque as lenticelas nunca fecham, mas permanecem abertas o tempo todo.

A quantidade de transpiração estomática é muito maior do que a quantidade de transpiração lenticular.

Questão 6

Liste quaisquer três fatores principais que aceleram a taxa de transpiração.

Resposta 6

Os fatores que aceleram a taxa de transpiração são:

(i) Alta intensidade de luz solar

(iv) Diminuição da pressão atmosférica

Questão 7

Existe uma crença geral de que as florestas tendem a trazer chuvas mais frequentes. Você pode explicar isso cientificamente?

Resposta 7

As florestas têm grande número de plantas, especialmente árvores. Cada planta perde água na forma de vapor d'água todos os dias para a atmosfera por meio da transpiração. Uma grande macieira perde até 30 litros de água por dia. Assim, uma grande quantidade de água é escapada para a atmosfera pelas florestas. Isso aumenta a umidade na atmosfera e traz chuvas mais frequentes.

Questão 8

Às vezes, podem ser vistas gotículas de água ao longo das margens das folhas de uma bananeira, crescendo em solo úmido pela manhã. São gotas de orvalho? Comente sua resposta.

Resposta 8

Não, eles não são gotas de orvalho.

Esta é a água fornecida pelo corpo da planta por meio de gutação. Como a bananeira cresce em ambiente úmido, a transpiração é prejudicada. Mas as raízes continuam absorvendo água do solo. Isso cria uma enorme pressão hidrostática dentro da planta e força para fora o excesso de água dos hidátodos, que são poros presentes nas pontas das nervuras da folha. Isso é observado especialmente durante as manhãs.

Questão 9

Explique resumidamente como a taxa de transpiração é afetada por:

(b) Umidade da atmosfera

Resposta 9

(a) Intensidade de luz & # 8211 Durante o dia, os estômatos estão abertos para facilitar a difusão interna do dióxido de carbono para a fotossíntese. À noite, eles estão fechados. Conseqüentemente, ocorre mais transpiração durante o dia. Durante os dias nublados, os estômatos são parcialmente fechados e a transpiração é reduzida.

(b) Umidade da atmosfera & # 8211 Quando o ar está úmido, pode receber muito menos vapor de água. Assim, a alta umidade do ar reduz a taxa de difusão para fora do vapor d'água interno através dos estômatos, reduzindo assim a taxa de transpiração.

E. ESTRUTURADO / APLICAÇÃO / TIPO DE HABILIDADE Solução de biologia concisa de Selina de transpiração para ICSE Classe 10 capítulo 5

Questão 1

Em um experimento, quatro folhas recém-colhidas (A-D) de uma planta, como as da China Rose, foram tratadas da seguinte forma:

(A) revestido com vaselina em sua superfície superior

(B) revestido na superfície inferior

(C) revestido em ambas as superfícies

Todas as quatro folhas A, B, C e D foram deixadas em uma sala por cerca de 24 horas.

(i) Qual folha ficaria mais flácida? Porque?

(ii) Qual folha apresentaria menos claudicação? Porque?

Resposta 1

(i) A folha D ficaria muito mole. Isso ocorre porque a água seria perdida através da transpiração da superfície superior e inferior da folha D, uma vez que ela não é revestida.

(ii) O menos claudicante seria mostrado pela folha C, uma vez que suas superfícies superior e inferior foram revestidas com vaselina. Portanto, nenhuma água é perdida da folha através da transpiração, uma vez que as aberturas estomáticas são bloqueadas pela vaselina.

Questão 2

Ao lado está o diagrama de uma configuração experimental para demonstrar um certo fenômeno em plantas.

(a) Nomeie o fenômeno que está sendo demonstrado.

(b) Qual é o propósito de colocar óleo no tubo de ensaio?

(c) Qual é o propósito da balança de mola na configuração?

(d) Faria diferença se a configuração experimental fosse mantida sob a luz do sol forte?

Resposta 2

(b) O óleo é colocado na superfície da água para evitar a perda de água por evaporação.

(c) Sim, a taxa de transpiração aumentará. A transpiração ocorreria mais rápido. As mudanças observáveis ​​ocorrerão em menos tempo.

(d) A balança de mola mede progressivamente a variação do peso do set-up. Isso porque, conforme a planta transpira, ela cria a força de sucção na planta que permite que as raízes absorvam mais água do tubo de ensaio. Conseqüentemente, a água no teste será reduzida. Assim, o peso de todo o conjunto diminuirá.

Questão 3

Dada a seguir é o diagrama de um aparelho usado para estudar um determinado fenômeno em plantas:

(c) Qual é o papel desempenhado pela bolha de ar neste experimento?

(d) Qual é o uso do reservatório?

(e) O que acontece com o movimento da bolha de ar se o aparelho for mantido:

Dê uma razão em cada caso.

Resposta 3

(b) O potenciômetro de Ganong é usado para medir a ingestão de água de uma planta que é quase igual à água perdida através da transpiração.

(c) O movimento da bolha de ar e sua posição no tubo capilar indicam o volume de água perdido pela transpiração em um determinado tempo.

(d) A água do reservatório pode ser liberada para o tubo capilar abrindo a torneira de bloqueio. Isso permite que a bolha de ar seja restaurada à sua posição original.

(i) Se o aparelho for mantido no escuro, não haverá transpiração, pois os estômatos serão fechados. Como resultado, não haveria movimento da bolha de ar e ela permaneceria estável.

(ii) Se o aparelho for mantido sob luz solar intensa, a taxa de transpiração será maior. Como resultado, o movimento da bolha de ar seria maior, pois haveria mais perda de água devido à transpiração.

(iii) Se o aparelho for mantido na frente de um ventilador, a taxa de transpiração será maior. Como resultado, o movimento da bolha de ar seria maior, pois haveria mais perda de água devido à transpiração conforme a velocidade do vento / ar aumentasse.

Questão 4

A seguir, é apresentado o diagrama de um conjunto experimental para estudar o processo de transpiração nas plantas. Estude o mesmo e, em seguida, responda às perguntas a seguir:

(a) Cite a cor do papel de cloreto de cobalto seco.

(b) A folha experimental é uma monocotiledônea ou dicotiledônea? Dê um motivo para apoiar sua resposta.

(c) Por que as lâminas de vidro são colocadas sobre os papéis secos de cloreto de cobalto?

(d) Depois de cerca de meia hora, que mudança, se houver, você esperaria encontrar no papel de cloreto de cobalto colocado nos lados dorsal e ventral da folha? Dê um motivo para apoiar sua resposta.

Resposta 4

(b) A folha experimental é uma folha dicotiledônea, pois mostra venação reticulada e há mais número de aberturas estomáticas na superfície inferior de uma folha dicotiledônea. Conseqüentemente, a transpiração é maior e pode ser facilmente observada.

(c) Lâminas de vidro são colocadas sobre os papéis de cloreto de cobalto secos de modo a reter as tiras em sua posição.

(d) O papel de cloreto de cobalto no lado dorsal ficará menos rosa ou ficará rosa em muito mais tempo, enquanto o do lado ventral ficará mais rosa. Isso ocorre porque a superfície ventral possui mais estômatos do que a superfície dorsal. Como resultado, a taxa de transpiração está mais no lado ventral do que no lado dorsal de uma folha dicotiledônea.

Questão 5

O aparelho mostrado no diagrama a seguir é o potenciômetro de Garreau projetado para demonstrar a transpiração desigual das duas superfícies de uma folha dorsiventral. Antes de manter a folha entre as xícaras, cloreto de cálcio anidro (CaCl2) contidos em dois frascos pequenos foram pesados ​​e colocados em ambos os copos. As extremidades dos copos foram fechadas com rolhas através das quais dois manômetros de mercúrio foram conectados. Depois de algumas horas, CaCl2 os frascos foram retirados e pesados ​​novamente.

(a) Qual é o propósito de manter CaCl2 frascos dentro do copo?

(b) Após algumas horas CaCl2 os frascos foram retirados e pesados ​​novamente. Você espera alguma diferença de peso? Em caso afirmativo, dê um motivo.

(c) Qual é o propósito de usar um manômetro?

(d) O que você quer dizer com transpiração?

Resposta 5

(a) CaCl2 é um composto higroscópico que absorve umidade / água sem alterar seu estado. CaCl2 frascos dentro do copo para absorver água.

(b) Sim, após algumas horas o peso do CaCl2 os frascos vão aumentar porque vão absorver a água perdida pela folha da planta devido à transpiração.

(c) O manômetro é usado para medir a pressão. Para medir a pressão exercida pelo fluido, o fluido pode exercer pressão em uma das extremidades fechadas do tubo. Sob o efeito da pressão, o líquido dentro do tubo do manômetro é deslocado e a quantidade de líquido deslocado é medida.

(d) Transpiração é a perda de água na forma de vapor d'água das partes aéreas (folhas e caule) da planta.

Questão 6

A figura abaixo representa uma configuração experimental com uma máquina de pesagem para demonstrar um determinado processo em plantas. A configuração experimental foi colocada sob luz solar intensa. Estude o diagrama e responda às seguintes perguntas.

(a) Cite o processo pretendido para estudo.

(b) Defina o processo mencionado acima.

(c) Quando o peso dos tubos de ensaio A e B é medido antes e depois do experimento, que mudança é observada? Justificar.

(d) Qual é o propósito de manter o tubo de ensaio B na configuração experimental

Resposta 6

(b) A transpiração é um processo pelo qual a água é perdida na forma de vapor d'água das partes aéreas da planta.

(c) O peso do tubo de ensaio A antes do experimento era maior do que seu peso após o experimento. Isso ocorre porque a água do tubo de ensaio A evaporou devido à transpiração.

O peso do tubo de ensaio B permanece o mesmo antes e depois do experimento, porque nenhuma perda de água ocorre no tubo de ensaio B.

(d) O tubo de ensaio B é usado aqui como um controle. Isso facilita a observação da mudança no tubo de ensaio A.

Questão 7

Um aparelho como mostrado abaixo foi configurado para investigar um processo fisiológico em plantas. A configuração foi mantida sob a luz do sol por duas horas. Gotículas de água foram então vistas dentro da redoma. Responda às seguintes perguntas:

(a) Nomeie o processo que está sendo estudado.

(b) Explique o processo mencionado acima em (a).

(c) Por que o pote foi coberto com uma folha de plástico?

(d) Sugira um controle adequado para este experimento.

(e) Mencione duas maneiras pelas quais esse processo é benéfico para as plantas.

(f) Liste três adaptações nas plantas para reduzir o processo acima mencionado.

Resposta 7

(b) A transpiração é um processo durante o qual a água é perdida na forma de vapor d'água através das partes aéreas da planta.

(c) O pote é coberto com uma folha de plástico para evitar a evaporação da água do solo.

(d) Um controle para este experimento será um saco de polietileno vazio com a boca amarrada.


Distribuição de estômatos em uma folha de dicotiledônea

Objetivo: Investigar e comparar a densidade de distribuição dos estômatos na epiderme superior e inferior de uma folha dicotiledônea.

Os estômatos são o principal meio de troca gasosa nas plantas. Os estômatos são pequenos poros controlados por células-guarda que controlam a abertura e o fechamento dos estômatos. Os estômatos permitem que o dióxido de carbono entre na planta e permitem que a água e o oxigênio em excesso escapem. Cerca de 90% da água é perdida pela folha durante a transpiração.

O número de estômatos na superfície da folha varia entre as diferentes espécies. A epiderme inferior tende a ter o maior número de estômatos do que a superfície superior.

Para realizar o experimento, 3 métodos foram utilizados:

(1) Calibração da gratícula da ocular - feita para trabalhar a área do campo de visão.

(2) Contagem dos estômatos usando o microscópio.

(3) Calculando a densidade estomática.

Coloque a escala da gratícula na ocular do microscópio.

Isso é feito desparafusando a lente superior e soltando a escala no corpo da lente. Em seguida, aparafuse a lente superior novamente. Coloque o micrômetro de palco no palco e segure-o no lugar pelos clipes. Olhe através do microscópio e foque em x40 para que você possa ver as duas escalas claramente. Mova o micrômetro da platina com cuidado para que as unidades iniciais das duas escalas coincidam. Conte ao longo das duas escalas até que haja novamente uma coincidência entre as duas escalas. Observe o número de divisões ao longo de cada escala. Repita para ampliação de x100 e x400.

Na superfície superior da folha, pinte uma camada espessa de verniz de unha transparente. Deixe a folha secar completamente. Depois de secar, cole um pedaço de fita adesiva transparente sobre o.

Estilos de citação:

distribuição dos estômatos em uma folha de dicotiledônea. (2002, 22 de abril). Em WriteWork.com. Recuperado 15:16, 22 de junho de 2021, em https://www.writework.com/essay/stomata-distribution-dicot-leaf

Colaboradores do WriteWork. "distribuição de estômatos em uma folha de dicotiledônea" WriteWork.com. WriteWork.com, 22 de abril de 2002. Web. 22 de junho de 2021.

WriteWork contributors, "stomata distribution in a dicot leaf," WriteWork.com, https://www.writework.com/essay/stomata-distribution-dicot-leaf (acessado em 22 de junho de 2021)

Mais ensaios de Biologia Vegetal:

Sobre a estrutura da Leek Botany

O alho-poró, muito predominante na Europa, tem uma história exemplar. O alho-poró data de 4000 a.C., a Idade do Bronze, onde muitos habitantes diferentes costumavam comer esse vegetal para fins de saúde. Hipócrates, fundador do Juramento de Hipócrates, costumava prescrever alho-poró como cura para sangramento nasal. Como .

Perguntas sobre biologia do Gcse sobre osmose em batatas

Os efeitos da osmose em batatas colocadas em diferentes concentrações de sal Introdução: Osmose é um movimento de água através de uma membrana semipermeável. Isso só pode acontecer quando houver diferença de concentração entre os dois lados da membrana. A água se move de baixas concentrações.

Fórmula para mitocôndrias

Ao comparar e contrastar a mitocôndria e o cloroplasto, uma pessoa aprende todas as semelhanças e diferenças entre os dois. Neste ensaio, você lerá sobre as mitocôndrias, o cloroplasto e suas reações bioquímicas. As mitocôndrias costumam ser chamadas de usina de força.

Tamanho das folhas afetadas pelo experimento de intensidade de luz

O objetivo desta investigação é ver se posso encontrar uma relação definitiva entre a intensidade da luz na superfície da folha e a área da superfície da folha. Hipótese Eu acho que a intensidade da luz pode afetar a área de superfície da seguinte maneira: · Uma intensidade de luz maior pode fazer.

Como a intensidade da luz afeta a taxa de experimento de crescimento da planta

Introdução: Fotossíntese é o processo pelo qual as plantas verdes usam a energia da luz para converter dióxido de carbono e água em açúcar simples chamado glicose, que fornece uma fonte de energia básica para a planta. A fotossíntese ocorre em folhas que contêm estruturas celulares especializadas chamadas.

Alunos e Profs. diga sobre nós:

"Boas notícias: você pode recorrer à ajuda de outras pessoas para escrever. O WriteWork tem mais de 100.000 amostras de papéis"

"Transformei o que pensava ser um papel C + em um A-"

Dawn S., estudante universitária
Newport, RI

Fomos mencionados em:

  • CNN
  • WIRED
  • EveningTimes
  • Sony
  • NPR
  • Independente
  • The Boston Globe
  • O piloto da Virgínia

Onde nossos 375.000 membros estudam:

  • Universidade Rutgers
  • Colégio marista
  • Boston College
  • Universidade de Boston
  • Universidade do Colorado
  • Universidade de Maryland
  • Universidade de Phoenix
  • Universidade de Nova York
  • Indiana University
  • Universidade Columbia
  • Miami Dade College
  • Universidade de Missouri

Ensaios populares:

Os efeitos dos hormônios no crescimento das plantas

. e só recebeu uma solução de lanolina sem esse hormônio. A taxa de crescimento após sete dias.

Introdução sobre angiospermas

. estrutura e consiste em três órgãos básicos: raízes, caules e folhas. Angiospermas.

O lado ético da pesquisa com células-tronco embrionárias

. TRANSFERÊNCIA NUCLEAR DE CÉLULAS SOMÁTICAS Durante a separação dos blastômeros e.

. Estudo de campo de fatores bióticos e abióticos que afetam a abundância e distribuição de manguezais em.

. e sair . porção. diferença. 4. Encontre sua diferença. hora do dia e. falta .

O efeito do ácido giberélico no crescimento de uma planta

. hormônio que é encontrado nas plantas. O ácido giberélico alonga as células e aumenta o crescimento das plantas.


Soluções ICSE para Capítulo 4 Transpiração Classe 10 Selina Biology


Pergunta 1: Abaixo está um exemplo de uma determinada estrutura e sua atividade funcional especial:
Cloroplastos e fotossíntese.
De maneira semelhante, escreva a atividade funcional em cada um dos seguintes:
(a) Hidátodos e.
(b) Espinhos das folhas e.
(c) Lenticelas e.
(d) Cutícula espessa e.

Solução 1: (a) gutação
(b) proteção e redução da transpiração
(c) transpiração (d) transpiração reduzida

Questão 2: (a) Declare se as seguintes afirmações são verdadeiras (T) ou falsas (F)?
(i) A maior parte da transpiração ocorre à meia-noite.
(ii) A transpiração cria um impulso para o movimento ascendente da seiva.
(iii) A velocidade do vento tem efeito na transpiração.
(iv) Voltímetro é um instrumento usado para medir a taxa de transpiração em plantas verdes.
(b) Reescreva as declarações falsas, em (a) acima, na forma correta, alterando a primeira ou a última palavra apenas.

Solução 2: (uma)
(i) Falso
(ii) Verdadeiro
(iii) Verdadeiro
(iv) Falso

(b) (i) A maior parte da transpiração ocorre ao meio-dia.
(iv) Potômetro é um instrumento usado para medir a taxa de transpiração em plantas verdes.

Pergunta 3: Dê uma explicação adequada para o seguinte:
a) Uma taxa mais alta de transpiração é registrada em um dia de vento, em vez de em um dia calmo.
b) A transpiração excessiva resulta no murchamento das folhas.
c) Água transpirada é a água absorvida.
d) Mais transpiração ocorre na superfície inferior de uma folha dorsiventral.
e) A cortiça e a casca das árvores ajudam na prevenção da perda de água.
f) A transpiração e a transpiração ajudam a resfriar a temperatura corporal do organismo.
g) Em um dia ensolarado, as folhas de certas plantas rolam.

Solução 3: (a) A transpiração aumenta com a velocidade do vento. Se o vento sopra mais rápido, a água
os vapores liberados durante a transpiração são removidos mais rapidamente e a área ao redor da folha transpirante não fica saturada com vapor d'água.

(b) Quando a taxa de transpiração excede em muito a taxa de absorção de água pelas raízes, as células
perder sua turgidez. Conseqüentemente, a transpiração excessiva resulta no murchamento das folhas.

(c) As plantas absorvem água continuamente através de suas raízes, que é então conduzida para cima até
todas as partes aéreas da planta, incluindo as folhas. Apenas uma pequena quantidade desta água, ou seja, cerca de 0,02%, é usada para a fotossíntese e outras atividades. O resto da água é
transpirou como vapor de água. Portanto, a água transpirada é a água absorvida.

(d) Existem mais aberturas estomáticas na superfície inferior de uma folha dorsiventral. Mais o
número de estômatos, maior é a taxa de transpiração. Conseqüentemente, mais transpiração ocorre na superfície inferior.

(e) A cortiça e a casca das árvores são tecidos de velhos caules lenhosos. A casca é espessa com a camada mais externa
feito de células mortas e a cortiça é de natureza hidrofóbica. Essas propriedades os tornam à prova d'água e, portanto, evitam a transpiração.

(f) Tanto na transpiração quanto na transpiração, a água é perdida por evaporação do corpo do
organismo como vapor de água. Essa evaporação reduz a temperatura da superfície corporal e provoca o resfriamento do corpo do organismo.

Questão 4: Quais das seguintes afirmações são verdadeiras e quais são falsas? Justifique sua resposta.
(a) Potômetro é um instrumento usado para Demonstração da transpiração ocorrendo a partir da parte inferior superfície de uma folha.
(b) A floresta contribui para trazer chuvas.
(c) Os hidátodos são semelhantes aos estômatos na fisiologia das plantas.
(d) A umidade atmosférica promove a transpiração de uma planta verde.
(e) Algumas plantas do deserto têm estômatos afundados em suas folhas.
(f) A maior parte da transpiração ocorre durante o meio-dia.

Solução 4: (uma) Falso
Motivo: o potenciômetro é usado para medir a taxa de transpiração em uma planta. A demonstração da transpiração ocorrendo na superfície inferior de uma folha é feita analisando as mudanças na cor de pedaços de papel de cloreto de cobalto seco preso (e mantido no lugar) às duas superfícies de uma folha.

(b) Verdade
Motivo: Transpiração realizada pelo grande número de árvores em uma floresta. Isso aumenta
a umidade na atmosfera e traz chuva.

(c) Falso
Motivo: os hidátodos são poros especiais presentes nas extremidades das nervuras das folhas, através dos quais ocorre a gutação e as gotas de água são liberadas. Suas aberturas não podem ser regulamentadas. Os estômatos, por outro lado, são minúsculas aberturas na camada epidérmica das folhas, por meio das quais ocorre a troca de gases e também a transpiração. A água é distribuída como água
vapor. Stomatal opening is regulated by guard cells.

(d) Falso
Reason: Transpiration is reduced during high atmospheric humidity. High humidity in the air reduces the rate of outward diffusion of the internal water vapour across stomata,
thereby reducing the rate of transpiration.

It is the removal of excess of water from the plants because of excess water buildup in the plant.

It is the removal of water from the plant because of injury.

Water escapes from specialized structures called hydathodes.

Water escapes in the form of sap from the injured part of the plant.

D. Long Answer Type

E. Structure/Application/Skill Type


Question 1: In an experiment, four freshly plucked leaves (A-D) of a plant, such as those of china – rose, were treated as follows:
(a) Coated with Vaseline on its upper surface.
(b) coated on the lower surface.
(c) coated on both surface
(d) left uncoated.

All the four leaves A, B, C & D were left in a room for about 24 hours.
(i) which leaf would become most limp? Porque?
(ii) which leaf would show least limping? Porque?

Solução 1: (i) The leaf D would become most limp. This is because water would be lost through transpiration from upper as well as the lower surface of leaf D since it is uncoated.


(a) Label the parts numbers 1-3
(b) Is this state, open or closed?
(c) Is this stoma, of a dicot leaf or a monocot leaf?
(d) Redraw a sketch of the stomatal apparatus in the state opposite to the one shown here.

Solution 2: (a) 1- Guard Cell 2- Inner wall of the Guard Cell 3- Stoma/Stomatal Aperture

(c) The structure of stoma remains same in monocots as well as in dicots. Hence, the stoma from the diagram can be of a monocot leaf or of a dicot leaf.


Stomata of Monocot vs Dicot Plants

Stomata are important for gaseous exchange in leaves of both monocot and dicot plants. Two guard cells always surround the stomata. The guard cells of dicot stomata have shapes like beans while guard cells of monocot stomata have shapes like dumbells. The stomata of most dicot plants are present in the lower epidermis of the leaf whilst in monocot plants, they are present in both upper and lower epidermis. These are some of the differences between stomata of monocot and dicot plants.


Selina Concise Biology Class 10 ICSE Solutions Transpiration

APlusTopper.com provides step by step solutions for Selina Concise ICSE Solutions for Class 10 Biology Chapter 5 Transpiration. You can download the Selina Concise Biology ICSE Solutions for Class 10 with Free PDF download option. Selina Publishers Concise Biology for Class 10 ICSE Solutions all questions are solved and explained by expert teachers as per ICSE board guidelines.

Selina ICSE Solutions for Class 10 Biology Chapter 5 Transpiration

Solution A.1.
(a) Open stomata, dry atmosphere and moist soil

Solution A.2.
(a) increase

Solution A.3.
(b) temperature is high

Solution A.4.
(c) sunken stomata

Solution A.5.
(d) hydathodes

Solution A.6.
(d) transpiration

Solution A.7.
(d) hot, dry and windy

Solution A.8.
(b) Lenticels

Solution A.9.
(b) evaporation of water from the aerial surfaces of a plant

Solution B.1.
(a) Lenticels
(b) Guttation
(c) Potometer
(d) Nerium
(e) Ganong’s photometer
(f) Stomata and cuticle
(g) Hydathodes
(h) Guttation

Solution B.2.
(a) vapour, aerial
(b) stomata, transpiration
(c) suction, water (heat)

Solution C.1.
(a) guttation
(b) protection and reduced transpiration
(c) transpiration
(d) reduced transpiration

Solution C.2.
(i) False
(ii) True
(iii) True
(iv) False
(v) Most transpiration occurs at mid-day.
(vi) Potometer is an instrument used for measuring the rate of transpiration in green plants.

Solution C.3.
(a) Transpiration increases with the velocity of wind. If the wind blows faster, the water vapours released during transpiration are removed faster and the area surrounding the transpiring leaf does not get saturated with water vapour.

(b) When the rate of transpiration far exceeds the rate of absorption of water by roots, the cells lose their turgidity. Hence, excessive transpiration results in wilting of the leaves.

(c) Plants absorb water continuously through their roots, which is then conducted upwards to all the aerial parts of the plant, including the leaves. Only a small quantity of this water i.e. about 0.02% is used for the photosynthesis and other activities. The rest of the water is transpired as water vapour. Hence water transpired is the water absorbed.

(d) There are more stomatal openings on the lower surface of a dorsiventral leaf. More the number of stomata, higher is the rate of transpiration. Hence more transpiration occurs from the lower surface.

(e) Cork and Bark of trees are tissues of old woody stems. Bark is thick with outermost layer made of dead cells and the cork is hydrophobic in nature. These properties make them water-proof and hence they prevent transpiration.

(f) In both perspiration and transpiration, water is lost by evapouration from the body of the organism as water vapour. This evaporation reduces the temperature of the body surface and brings about cooling in the body of the organism.

(g) On a bright sunny day, the rate of transpiration is much higher than any other days. The leaves of certain plants roll up on a bright sunny day to reduce the exposed surface and thus reduce the rate of transpiration.

Solution C.4.
(a) False
Reason: Potometer is used to measure the rate of transpiration in a plant. Demonstration of transpiration occurring from the lower surface of a leaf is done by analyzing the changes in colour of pieces of dry cobalt chloride paper attached (and held in place) to the two surfaces of a leaf.

(b) True
Reason: Transpiration carried out by the large number of trees in a forest. This increases the moisture in the atmosphere and brings rain.

(c) False
Reason: Hydathodes are special pores present on the ends of leaf veins through which guttation occurs and water droplets are given out. Their openings cannot be regulated. Stomata on the other hand are minute openings in the epidermal layer of leaves through which exchange of gases as well as transpiration occurs. Water is given out as water vapour. Stomatal opening is regulated by guard cells.

(d) False
Reason: Transpiration is reduced during high atmospheric humidity. High humidity in the air reduces the rate of outward diffusion of the internal water vapour across stomata, thereby reducing the rate of transpiration.

(e) True
Reason: Desert plants need to reduce transpiration as much as possible so as to survive in the hot and dry environment. Hence some of them have sunken stomata as an adaptation to curtail transpiration.

(f) True
Reason: During the day, the stomata are open to facilitate the inward diffusion of carbon dioxide for photosynthesis. During mid-day, the outside temperature is higher, due to which there is more evaporation of water from the leaves. Therefore more transpiration occurs during mid-day.

Solution C.5.

Guttation Sangrando
It is the removal of excess of water from the plants because of excess water buildup in the plant. It is the removal of water from the plant because of injury.
Water escapes from specialisedstructures called hydathodes. Water escapes in the form of sap from the injured part of the plant.

Solution D.1.
Wilting refers to the loss of cellular turgidity in plants which results in the drooping of leaves or plant as a whole because of lack of water.
During noon the rate of transpiration exceeds the rate of absorption of water by roots. Due to the excessive transpiration, the cells of leaves lose their turgidity and wilt.

Solution D.2.
The lower surface of leaf is sheltered from direct sunlight. If more stomata are on the upper surface of a leaf, then excessive transpiration would occur, resulting in quick wilting of the plant. Hence most plants have more numerous stomata on the lower surface of a leaf to control the rate of transpiration.

Solution D.3.
Take the small potted rose plant and cover it with a transparent polythene bag. Tie its mouth around the base of the stem. Leave the plant in sunlight for an hour or two.

Drops of water will soon appear on the inner side of the bag due to the saturation of water vapour given out by the leaves. A similar empty polythene bag with its mouth tied and kept in sunlight will show no drops of water. This is the control to show that plants transpire water in the form of water. If tested with dry cobalt chloride paper, the drops will be confirmed as water only.

Solution D.4.

Potometer is a device that measures the rate of water intake by a plant. This water intake is almost equal to the water lost through transpiration. Potometers do not measure the water lost due to transpiration but measure the water uptake by the shoot.

Solution D.5.

  • Transpiration occurring through lenticels i.e. minute openings on the surface of old stems is called lenticular transpiration.
  • Stomatal transpiration is controlled by the plant by altering the size of the stoma, where as this does not happen in case of lenticular transpiration. This is because the lenticels never close, but remain open all the time.
  • The amount of stomatal transpiration is much more than the amount of lenticular transpiration.

Solution D.6.
The factors that accelerate the rate of transpiration are:

  • High intensity of sunlight
  • High temperature
  • Higher wind velocity
  • Decrease in atmospheric pressure
    (Any three)

Solution D.7.
Forests have large number of plants especially trees. Each plant loses water in the form of water vapour everyday into the atmosphere through transpiration. A large apple tree loses as much as 30 litres of water per day. So huge amount of water is escaped into the atmosphere by forests. This increases the moisture in the atmosphere and brings more frequent rains.

Solution D.8.
The advantages of transpiration to the plants are:

  • Transpiration brings about a cooling effect to the plant body since evaporation of water reduces the temperature of leaf surface.
  • Transpiration helps in the ascent of sap by producing a suction force acting from the top of the plant.
  • Transpiration helps in distributing water and mineral salts throughout the plant body.
  • Transpiration helps in eliminating excess water.

Solution D.9.

  1. If the water content of the leaves decreases due any reason, the guard cells turn flaccid, thereby closing the stomatal opening and transpiration stops.
  2. Some plants have sunken stomata whereas others have reduced number of stomata to reduce transpiration.
  3. In some plants, leaves may be dropped or may be absent or changed into spines as an adaptation to reduce transpiration.
  4. The leaves may be covered by thick cuticle such as in Banyan tree, so as to reduce transpiration.

Solution D.10.
No, they are not dew drops.

This is water given out by the plant body through guttation. Since the banana plant is growing in humid environment, transpiration is hampered. But the roots continue to absorb water from the soil. This builds up a huge hydrostatic pressure within the plant and forces out the excess water from the hydathodes, which are pores present at the tips of veins in the leaf. This is observed especially during the mornings.

Solution D.11.
(a) Intensity of light – During the day, the stomata are open to facilitate the inward diffusion of carbon dioxide for photosynthesis. At night they are closed. Hence more transpiration occurs during the day. During cloudy days, the stomata are partially closed and the transpiration is reduced.

(b) Humidity of the atmosphere – When the air is humid it can receive very less water vapour. Thus, high humidity in the air reduces the rate of outward diffusion of the internal water vapour across stomata, thereby reducing the rate of transpiration.

Solution E.1.

(i) The leaf D would become most limp. This is because water would be lost through transpiration from upper as well as the lower surface of leaf D since it is uncoated.

(ii) The least limping would be shown by leaf C since its upper and lower surfaces have been coated with vaseline. So no water is lost from the leaf through transpiration since the stomatal openings get blocked by vaseline.

Solution E.2.
(uma)
Guard Cell
Inner wall of the Guard Cell
Stoma/Stomatal Aperture
(b) Open state
(c) The structure of stoma remains same in monocots as well as in dicots. Hence, the stoma from the diagram can be of a monocot leaf or of a dicot leaf.

Solution E.3.
(a) Transpiration
(b) Oil is put on the surface of water to prevent loss of water by evaporation.
(c) Yes, the transpiration rate will increase. Transpiration would occur faster. The observable changes will occur in less time.
(d) The spring balance progressively measures the change in weight of the set-up. This because as the plant transpires, it creates the suction force in plant which allows roots to absorb more water from the test tube. Hence, the water in the test will get reduced. Thus, the weight of the entire set will decrease.

More Resources for Selina Concise Class 10 ICSE Solutions


Difference between Dicot and Monocot Leaf

Sl. Não.Dicot Leaf
Dorsiventral Leaf
Monocot Leaf
Isobilateral Leaf
1Dicot leaves are dorsiventralMonocot leaves are isobilateral
2Upper surface of the leaf is dark green and the lower surface is light greenBoth the surfaces of the leaf are equally green
3Epidermal cells are not silicified (silica deposition absent)Epidermal cells are silicified (heavy deposition of silica)
4Bulliform (motor) cells absent in the epidermisBulliform cells are present
5Leaves usually hypostomatic (stomata present on the lower surface of the leaf)Leaves usually amphistomatic (stomata present on both the surface of leaf)
6Stomata are arranged randomly on the epidermisStomata are arranged in parallel rows in the epidermis
Stomata
7Stomatal guard cells are kidney-shapedStomatal guard cells are dumb-bell shaped
Guard Cell
8Mesophyll is differentiated into palisade and spongy tissuesMesophyll undifferentiated (composed of loosely packed isodiametric cells with intercellular spaces)
Mesophyll
9Leaf veins are reticulateLeaf veins are parallel
10Protoxylem elements are indistinguishableProtoxylem elements are distinguishable as protoxylem lacuna
11Bundle sheath with single layer of cellsBundle sheath with single or multiple layers
12Bundle sheath cells usually lack chloroplastBundle sheath cells usually possess chloroplasts
13Bundle sheath extension is parenchymatousBundle sheath extension is sclerenchymatous
14Lower portion of the mid-rib is collenchymatousLower portion of mid-rib is sclerenchymatous

If you like this post… please add your likes as COMMENTS (below↓)


What you'll learn:

In the leaves of monocot plants, the stomata are observed to be the tiny pores that are present in the lower epidermis and the upper epidermis of the monocot leaves, and surrounding them are the pairs of the dumbbell-shaped guard cells. The distribution of stomata in monocots is called an amphistomatic distribution because the monocot's stomata are distributed equally in both the lower and the upper epidermis. In monocots, because of the amphistomatic stomata distribution, the transpiration frequency can be higher than the frequency of transpiration in a dicot leaf. Hence, when there is excess sunlight present, the monocot leaves get rolled so that the leaf's surface area is reduced and there is the prevention of water loss. Gymnosperms ideally contain sunken stomata that are embedded deeply in the plant's leaves, and this is an adaptation that prevents excess transpiration.


11. TRANSPORT IN PLANTS

É o evaporative loss of water by plants through the stomata in the leaves.

Less than 1% of the water reaching the leaves is used in photosynthesis and plant growth. The remaining is lost by transpiration.

Transpiration can be studied using cobalt chloride paper. It turns colour (blue to pink) on absorbing water.

During transpiration, exchange of O2 & CO2 in the leaf also occurs.

Stomata are open in day time and close during night.

Opening or closing of stomata is due to change in the turgidity of the guard cells.

The inner wall of guard cell lining stomatal aperture is thick and elastic and the outer wall is thin.

When turgidity of guard cells increases, the outer walls bulge out and pull the inner walls into a crescent shape.

Cellulose microfibrils in the guard cells are oriented radially rather than longitudinally making it easier for the stoma to open.

The guard cells lose turgidity due to water loss (or water stress) and the inner walls regain their original shape. As a result, the stoma closes.

Usually lower surface of a dicot leaf has more stomata. In monocot leaf, they are about equal on both surfaces.

  • External factors: Temperature, light, humidity, wind etc.
  • Plant factors: Number & distribution of stomata, number of stomata open, water status of plant, canopy structure etc.
  • Cohesion: Mutual attraction between water molecules.
  • Adhesion: Attraction of water molecules to polar surfaces (e.g. surface of tracheary elements).
  • Surface Tension: In liquid phase, water molecules are more attracted to each other than in gas phase.

Xylem vessels supply the water from the root to leaf vein. There is a continuous thin film of water over the cells. So, as water evaporates through the stomata, water pulls into the leaf from the xylem. In atmosphere, concentration of water vapour is lower than that in substomatal cavity and intercellular spaces. This also helps water to diffuse into the surrounding air. This creates a ‘pull’.

The forces generated by transpiration can create pressures to lift a xylem sized column of water over 130 m high.

Photosynthesis is limited by available water which is swiftly depleted by transpiration.

The humidity of rainforests is mainly due to the cycling of water from root to leaf to atmosphere and back to the soil.

C4 photosynthetic system helps to maximise the availability of CO2 and minimise water loss.

C4 plants are twice as efficient as C3 plants in fixing carbon (making sugar). However, C4 plants lose only half as much water as a C3 plant for the same amount of CO2 fixed.


Leaf Adaptations

Coniferous plant species that thrive in cold environments, such as spruce, fir, and pine, have leaves that are reduced in size and needle-like in appearance. These needle-like leaves have sunken stomata and a smaller surface area, two attributes that aid in reducing water loss. In hot climates, plants such as cacti have succulent leaves that help to conserve water. Many aquatic plants have leaves with wide lamina that can float on the surface of the water a thick waxy cuticle on the leaf surface that repels water.


Assista o vídeo: #13 Budowa korzeni, łodyg i liści powtórka do matury biologia rozszerzona liceum (Agosto 2022).