Em detalhe

Macacos usam cientistas como "escudo" para escapar de predadores

Macacos usam cientistas como "escudo" para escapar de predadores



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Macacos samangos perceberam que, quando estão próximos dos humanos, seus predadores mantêm distância

Pesquisadores da Universidade de Durham analisavam os hábitos dos macacos samango, na África, quando notaram que os animais não apenas tinham consciência de sua presença, como também a usavam a seu favor. Como? Eles perceberam que, enquanto estavam próximos dos humanos, os predadores ficavam longe.

Durante a pesquisa, na região montanhosa de Soutspanberg, os cientistas realizaram uma série de experimentos. Para testar a capacidade lógica dos macacos, eles deixavam recipientes com comida nas árvores da montanha. Os potes foram distribuídos da base da árvore até o seu topo, com a intenção de entender o medo dos animais, já que quanto mais perto do chão eles ficam, mais estão perto de predadores como o leopardo.

O resultado da pesquisa concluiu que quanto mais perto do chão, mais cheios os potes ficavam, já em maiores alturas o pote ficava mais vazio. Tudo isso fazia muito sentido, mas o que os pesquisadores da Universidade de Durham não esperavam era fazer parte dos testes. Junto do resultado original, eles perceberam que quando estavam próximos da floresta, os potes das áreas mais baixas esvaziavam.

Ou seja, os macacos começaram a aliar a ideia de segurança aos humanos. Pois quanto mais movimento em uma região desse tipo, mais difícil que algum leopardo tente atacar os samangos. E aí, será que só nós que observamos os comportamentos de nossos amigos primatas?

(//revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2014/07/macacos-usam-cientistas-como-escudo-para-escapar-de-predadores.html)